quarta-feira, 23 de junho de 2010

2010!

Com layout novo (que eu não gostei, mas é o que mais se assemelha ao anterior), está aberta a temporada (oficial) 2010! Vou tentar escrever de formas mais diferentes das temporadas anteriores. Samba e tempestade serão temas importantíssimos nessa temporada, espero que gostem. O poema que segue, que é meio chula pra abrir esse inverno, não tem título. Talvez integre ele a algum outro poema mais tarde. Feliz inverno.


veio a paz da vontadetudo!
e tá na hora de começar de novo
pra que o samba não pare de tocar
porque o ritmo dele é o ritmo que pulsa aqui
com a cuíca gemendo e o bumbo tocando
da roda do samba vivendo e vibrando
e que esse samba ecoe como o vento em tempestade
tempestade que vem da tua saia dançante em minha ala.

13 comentários:

Alice Daniel disse...

Eu gostei do teu escrito. Só pareceu-me incompleto. Como se faltasse mais a dizer... quem sabe continuas?
Um abraço

David Aragon™ disse...

Belo poema, gostei epecialmente da musicalidade e do tom cadente que surge da combinação esdrúxula entr samba e tempestade.

Ave Poeta!

CHINFRAS e TALS

Augusto disse...

Como eu disse, utilizarei esses versos em um poema futuro, Alice!
Muito obrigado pela consideração. :D

Inez disse...

Gostei muito do seu texto.
O samba não pode parar, a alegria tem que reinar.

Augusto disse...

Inez! É sempre um prazer imenso ver você por aqui. Volte sempre! =D

Rosangela disse...

Gostei Augusto. A simplicidade é bela! E o layout é ficou perfeito e de acordo com o nome do Blog.
Abraço!

Steffi de Castro disse...

O poema é muito fofo, e possui uma musicalidade simples e bela!

Diana disse...

Primeira vez aqui e
Adorei o texto parabéns
e ja estou te seguindo

Bjusss

Augusto disse...

Bem vinda, Diana! =D

joão victor borges disse...

Nossa, muito legal essa idéia de postar só no inverno, sobre temas de inverno. Muito legal mesmo, dá um quê de calculismo e frieza ao blog, e quando esse clima se choca com o texto sobre samba, o equilíbrio dos dois extremos é muito bacana. Gostei mesmo do conceito do blog, parabéns!

http://anpulheta.blogspot.com

Augusto disse...

Obrigado pelas palavras, João!
É bom ler elogios à idéias estapafúrdias.
Abraços!

Pobre esponja disse...

Gostei do otimismo, mas detesto samba, na boa. Sou poeta também, viva a poesia!

abç
Pobre Esponja

Augusto disse...

Um viva para a pluralidade musical!
Sem bronca, rapaz.
Abração. =D