quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Para mim

Sei não,
me vejo no espelho,
e não sei como que fico,
como que vou.
Não sei se a blusa quadriculada
por cima fica melhor,
ou se os óculos escuros me cairão bem.
E pergunto quem vai ser agora.
Voltar, eu não volto.
Só seguir em frente.
E entre tantas opções,
entre tantas vertentes,
eu prefiro ficar aqui,
nesse mesmo canto.
E que o tempo passe,
e que eu o aproveite.

Um comentário:

As mulheres. disse...

"entre tantas vertentes,
eu prefiro ficar aqui,
nesse mesmo canto.
E que o tempo passe,
e que eu o aproveite."


=*