terça-feira, 23 de março de 2010

amuleto

não sei porque nem pra que
insisto em levar-te comigo
na esperança de tentar a sorte
nas asas que você carrega

ainda com tanta confusão
e vendo você se fechar pra mim
mesmo sabendo que isso me mata
eu carrego você comigo

por mais que eu saiba
que talvez tudo não tenha passado
[- de um sonho ou confusão
e que continuar nisso me morre o coração
eu carrego você comigo

sabendo que acordo feliz porque sonho contigo
mas o sonho vira pesadelo por não te ter comigo
[- na realidade
eu carrego você comigo

mesmo vendo que o que você faz machuca
e que talvez seja até proposital
ainda percebendo que possa ser apenas um dia
[- em que tudo foi mal
eu carrego você comigo

por mais que eu tente te matar e não consiga
e sabendo que você é o pilar que me abriga
por mais que você me mate e me roube, do ar, a vida
ainda assim, malditamente ainda assim
eu carrego você comigo.

13 comentários:

Marih Gomes disse...

Nossa, que poema lindo!
Aliás tem muita coisa bonita por aqui.
Vc que escreve?
Parabéns!!!

bjs ;**

eu quero ser você. disse...

eu que escrevo sim, Mari. ^^

obrigado! ;*

Leonardo Ribeiro disse...

muito bonito
parabéns

Diogo C. Scooby disse...

Coisa de inimigo interno, vício...te faz mal e bem também. O Amor é meio assim...

ϟ мαrcos volk ! disse...

Adorei o poema, muito profundo e sincero. *-*
AMEI!

Bjoos. ^^

Somos blogueros(as) disse...

nunca vi guri poeta... hj em dia é dificil. qe fofoo

Little Becker
meu blog na verdade é www.bagaios.blogspot.com

Millena Blogueira disse...

Excelente poema!Adoro poesia!
Sucesso com o blog!

L. Oliver disse...

OS poemas sempre saum otimos;;
parabens.

joão victor borges disse...

'eu carrego você comigo.'
há pessoas na vida que, não importa quão boas ou ruins elas sejam para nós, como nos tratem, nós sempre vamos nos manter leais a ela, e isso é inevitável, é de um modelo automático do ser humano incrível.
e essa frase resume em poucas e belas palavras esse sentimento.
'eu carrego você comigo.'

http://anpulheta.blogspot.com

Alexandre Terra disse...

mt bom, "eu carrego você comigo", adorei! parabens!

Lunaticools disse...

É, na prática a teoria é outra.
E, mesmo querendo, o amuleto-metáfora ignorá-lo, muitas vezes não o conseguimos.

parabéns poeta

abç
Lunaticools

O mestre da verdade! disse...

Vc já pensou em fazer músicas??
Vc iria longe com isso!

eu quero ser você. disse...

também sou músico.
inclusive o poema "farol" é uma música.
mas as melodias são só pra diversão própria mesmo.
acho que eu não seria nenhum popstar.

aehauehauehauheuaheuahe